Precisou cancelar a viagem por causa do Coronavírus? Veja como resolver todas essas questões.

 

O planejamento de uma viagem começa com meses de antecedência, seja para pagar mais barato na passagem, conseguir reservar aquele hotel ou restaurante dos sonhos ou para garantir o ingresso das principais atrações. Mas quando surge um evento extraordinário e temos que cancelar os planos precisamos lidar não só com a frustração da viagem interrompida, mas com as reservas e compras já feitas. A pandemia do novo coronavírus que pegou todo mundo de surpresa e trouxe consequências terríveis de isolamento, colapso da saúde e perdas humanas é um exemplo de evento extraordinário e por conta disso o consumidor tem o direito ao ressarcimento.

Viagem agendada e reserva de hospedagem:

De acordo com o Procon, o consumidor que tenha viagem agendada ou hospedagem reservada e que não viaje seja por decisão própria ou porque o país de destino está fechado poderá pedir o ressarcimento integral do valor. Caso o pagamento tenha sido feito a vista, o ressarcimento será no valor integral, se for parcelado no cartão de crédito o valor será estornado na fatura seguinte. Mas se a viagem for adiada para outra data e o valor aumente por conta de alta temporada, por exemplo, o custo da diferença será arcado pelo consumidor.

Companhias aéreas:

As companhias aéreas divergem um pouco nas decisões, mas no geral estão oferecendo remarcação ou reembolso sem custo adicional por um período de até 1 ano.

Festas e shows:

Valor ressarcido integralmente ao consumidor que deseje ou remarcação da data sem custo extra.

O que fazer?

Em primeiro lugar deve-se negociar diretamente com as empresas, agências de viagem, companhias aéreas, hotéis, cruzeiros e atrações para saber quais alternativas serão oferecidas. Muitas empresas estão oferecendo créditos para viagens futuras, remarcação ou reembolso sem custo adicional, mas isso varia de acordo com cada empresa, com o destino e período. Caso não consiga chegar em um acordo com a empresa, é preciso registrar uma reclamação formal no PROCON ou na plataforma www.consumidor.gov.br

O fato é que estamos vivendo uma situação completamente atípica e é preciso calma e bom senso entre as partes. Você tem os seus direitos garantidos e eles precisam ser respeitados, mas saiba que nesse momento inúmeras pessoas estão cancelando viagens, então é normal que os canais de comunicação com as empresas estejam congestionados. Além disso elas priorizam o atendimento de passageiros com data de viagem mais próxima, caso a sua esteja mais distante espere um pouco para contactá-los.

Espero que tenha gostado desse artigo e deixe nos comentários se você precisou cancelar algum serviço e qual a resposta que recebeu, isso com certeza vai ajudar outros leitores.

Um comentário sobre “Precisou cancelar a viagem por causa do Coronavírus? Veja como resolver todas essas questões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s